0 Ítens

Subtotal: R$ 0,00


Nenhum produto no carrinho.

Escolha uma Página

Cardamomo Verde – Zip Pouch – 500g

R$ 150,00

Apenas 2 em estoque

Cardamomo Verde

Origem:

O cardamomo verde (Elettaria cardamomum) é nativo do sul da Índia, e hoje é cultivado amplamente em regiões tropicais. Tendo sido naturalizado nas ilhas Reunião, Indochina e Costa Rica. É frequente na beira de ravinas e sob árvores tropicais frondosas.

Características:

A planta é da família do gengibre, com folhas grandes, flores brancas e frutos secos de cor esverdeada ou branca contendo sementes negras e aromáticas de sabor picante, que podem ser transformadas em pó ou em óleo. As hastes que sustentam as cápsulas com as pequenas sementes (a parte que é utilizada) crescem da base da planta, que se alarga no chão de um jeito bem incomum. As cápsulas que contêm as sementes são secas ao sol ou com calor às vezes são clareadas, ainda que sua cor natural seja verde-claro ou marrom-claro. A semente lembra vagamente eucalipto, aquece e traz bem-estar.

Uso culinário:

As cápsulas podem ser utilizadas inteiras ou picadas -quando cozidas em refeições indianas – caso contrário, as sementes podem ser moídas e fritas ou então moídas com outras especiarias, conforme necessário. Mantenha as cápsulas inteiras até o uso, ela em si é neutra em sabor e geralmente não é usada, dando um sabor amargo desagradável quando deixada no prato. O cardamomo é usado, principalmente, no extremo oriente. Sua manifestação mais comum no ocidente é em biscoitos holandeses, bolos e doces de estilo escandinavo, e em akvavit. Em curries, é essencial e no arroz dá caráter ao prato.

História/Curiosidades:

 É um facto que no Oriente próximo o café tinha fama de acalmar as capacidades viris, enquanto o cardamomo, pelo contrário, de estimulá-las. É por isso que era tão vulgar os homens, sempre que bebiam café, misturarem alguns grãos de cardamomo à sua bebida. A sedutora rainha Cleópatra não se esquecia nunca de perfumar as divisões do seu palácio com umas pitadinhas de cardamomo de forma a conquistar irremediavelmente o seu querido Marco Antônio. Além disso, é um dos ingredientes mencionados num conto das "Mil e Uma Noites" para preparação de um elixir que permitiu que um comerciante tivesse um filho. O cardamomo é a terceira especiaria mais cara do mundo, depois do açafrão e da baunilha. É, também, uma das de uso mais antigo: já era citado em hieróglifos do século 7 a.C.. O cardamomo também é citado nas obras dos gregos Teofrasto (autor das mais importantes obras sobre botânica que a antiguidade nos legou) e na de Dioscórides (autor de "De materia medica", a principal fonte de informação sobre drogas medicinais desde o século 1 até o 18). O cardamomo também se faz presente na "História Natural" do romano Plínio o Velho, e na famosa "Re De Coquinaria", do gourmet Apicus, onde é várias vezes citado.

Receitas que utilizam:

É ingrediente de muitas bebidas alcoólicas e também usado em bolos e pastelaria no norte da Europa - Escandinávia, norte da Alemanha e Rússia. É ele o responsável pelo aroma exótico e peculiar do café árabe. O cardamomo é utilizado em muitos pratos indianos, como curries, pilaus, garam masala e outras misturas de especiarias. Vai bem com picles, bolos, arenques em conserva, carne, ponches, vinhos, cremes e pratos de frutas (como em maçãs assadas e peras escalfadas). Na Finlândia, é usado no pão doce pulla. No julekake, um pão servido no natal, da Noruega. É uma das especiarias usadas no Aquavit escandinavo. Na França usa-se para temperar patês. Pode ser usado em marinadas para carnes e frango e combina muito bem com arroz.

Informação adicional

Peso 0.53 kg
Dimensões 20 × 11 × 10 cm

Categorias de produto

WhatsApp chat